Cuidados ao ter uma pessoa da casa contaminada pelo coronavírus

O isolamento domiciliar é um procedimento previsto pelo ministério da saúde, que poderá ser prescrito pelo médico para os casos positivo para o coronavírus (Covid-19).



Durante os 14 dias de isolamento, recomendados pelo ministério da saúde, a contar pela data de início dos sintomas, uma revisão clínica periódica é necessária e esta deverá ser realizada preferencialmente por telefone.

O paciente contaminado, deverá manter repouso durante esse período. Deverá ter uma alimentação balanceada e consumir bastante água para manter a hidratação.

Para as demais pessoas que irão conviver com esse paciente, na mesma residência, medidas preventivas também são determinadas, entre elas:

Para o cuidador do paciente

Usar máscara descartável sempre que estiver com o paciente. Caso a máscara fique úmida ou com secreções, esta deverá ser substituída imediatamente.
Nunca mexer na máscara na presença do paciente.



Na troca, retirada da máscara, utilização de ambientes compartilhados, antes/depois de ir ao banheiro, antes/depois de cozinhar e comer ou toda vez que julgar necessário; pode ser utilizado álcool em gel quando as mãos estiverem secas e água e sabão quando as mãos parecerem oleosas ou sujas; toda vez que lavar as mãos com água e sabão, dar preferência ao papel-toalha.

Para o paciente contaminado

Permanecer em um quarto isolado e bem ventilado.
Dormir em camas separadas (exceção: mães que estão amamentando devem continuar amamentando com o uso de máscara e medidas de higiene, como a lavagem constante de mãos).

O paciente deverá limitar sua movimentação dentro do imóvel, sendo que ao utilizar ambientes compartilhados, como cozinha e banheiro, estes deverão estar bem ventilados e o paciente deverá estar utilizando máscara cirúrgica o tempo todo.
A troca da máscara deverá ser realizada com maior frequência.
A higienização das mãos deverá ser frequente. Do local também.

Outras precauções no ambiente domiciliar

Nas ocasiões em que forem tossir ou espirrar, os moradores deverão cobrir a boca com as mãos ou máscaras. Neste caso, lavar as mãos e jogar as máscaras após o uso.
O contato com as secreções do paciente deverão ser evitadas e luvas descartáveis deverão ser utilizadas quando for descartar o lixo do paciente.
Superfícies que são tocadas com frequência, deverão ser limpas mais de uma vez por dia, com solução contendo alvejante.
Lave roupas pessoais, roupas de cama e roupas de banho do paciente com sabão comum e água entre 60-90ºC, deixe secar.
E caso de piora do paciente, procurar apoio médico.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Infecção Vaginal por fungos: O que toda mulher deveria saber.

8 grupos de risco para o Hipotireoidismo. O hipotireoidismo pode matar.

Entenda o que é a Cardiomegalia (Coração Grande), as causas, sintomas e os tratamentos.

Como reverter a perda muscular na velhice.

Conselho Regional de Medicina: Como consultar o CRM do médico.