Postagens

Mostrando postagens de Agosto, 2021

Previna doenças ginecológicas ao adotar essas 4 práticas simples

Imagem
Levantamentos estatísticos apontam que a expectativa de vida da mulher é de 79 anos, enquanto que a maior parte dos homens é de 72 anos. Não é à toa que esses dados apontam que as mulheres tendem a viver mais que os homens pelo fato de serem mais preocupadas com a saúde.  Uma das causas que levam as mulheres a procurarem com maior frequência por ajuda médica, está no próprio organismo feminino, que exige toda uma preparação para a gestação e cuidados extras na prevenção de doenças ginecológicas. A vagina proporciona um ambiente propício à proliferação de microorganismos que podem acabar causando uma série de doenças, portanto após a primeira menstruação, a recomendação geral é que a mulher procure realizar exames de rotina e preventivos pelo menos uma vez ao ano.  Incorporar medidas simples durante o cotidiano também poderá auxiliar na prevenção de diversas doenças ginecológicas. Separamos 4 práticas simples de serem adotadas. 1 - Higiene A higiene pessoal é algo fundamental, porém val

Prevenindo o AVC: Conheça o exame de Doppler de Carótidas ou Ultrassom de Carótidas

Imagem
O Acidente Vascular Cerebral (AVC), somente no ano de 2020, foi o responsável por mais de 78,6 mil mortes somente no Brasil.  É uma das doenças que mais mata, sendo a doença que mais incapacita pessoas no mundo. Dados estatísticos mostram que aproximadamente 70% das pessoas que tiveram um AVC não retornam ao trabalho e 50% ficam dependentes do auxílio de outra pessoa para poder realizar as atividades do cotidiano. O Acidente Vascular Cerebral (AVC) embora atinja com maior frequência pessoas na faixa etária acima dos 60 anos, pode ocorrer em qualquer idade, inclusive entre a população infantil. Um dado alarmante aponta que os casos de AVC em populações mais jovens vem aumentando. A Organização Mundial de AVC (World Stroke Organization) prevê que uma em cada seis pessoas no mundo terá um AVC ao longo da vida. Os avanços tecnológicos têm sido um forte aliado no combate e na prevenção de diversas doenças, entre elas o AVC. Veja também: Reduza o risco de Acidente Vascular Cerebral (AVC). Co

O risco do retorno às atividades físicas no pós COVID-19.

Imagem
Sabemos que o coronavírus não afeta somente os pulmões.  Para aqueles pacientes que já tiveram a doença, uma consulta pós covid-19 com um clínico geral é recomendada para avaliar o quadro, já que outros órgãos podem ter sido comprometidos pela doença. Nos conteúdos anteriores, publicados no site da clínica Neurocor, comentamos sobre as sequelas pós covid-19 afetando o cérebro e a importância sobre a realização de uma consulta médica. Veja também: A importância de uma consulta pós-covid-19 Sintomas neurológicos e psiquiátricos em pacientes PÓS-COVID-19 As sequelas cardiovasculares no pós COVID-19. Pacientes portadores de doenças cardiovasculares estão contidos no grupo de risco da COVID-19, porém têm observado casos de alterações cardiovasculares graves mesmo em pacientes sem comorbidades prévias. Complicações cardíacas têm sido apuradas mesmo em pacientes com quadro gripal leve ou assintomático, onde o paciente não procura ajuda médica, devido ao quadro gripal, mas sim devido a dor tor

Sintomas neurológicos e psiquiátricos em pacientes PÓS-COVID-19

Imagem
 Um ano após a OMS (Organização Mundial de Saúde) decretar a pandemia do coronavírus (COVID-19), as mudanças no comportamento das pessoas estão entre as diversas dúvidas que surgem na população e na comunidade de cientistas. Pesquisas em todo mundo estão sendo realizadas no levantamento das possíveis sequelas da COVID-19, das leves às mais intensas. Grande parte destes esforços estão focados nos casos mais graves. Veja também: CORONAVIRUS (COVID-19) Atualização As Sequelas PÓS-COVID-19  Não são raros os registros de pessoas que não atingiram a fase mais crítica da doença, reclamando de insônias, cefaleias e alterações cognitivas de memória.  Além disso, ainda é cedo para concluir se tais sintomas serão permanentes ou não.  E se não forem permanentes, por quanto tempo permanecerão. É fato que no momento há mais perguntas que respostas. As Sequelas Neurológicas e as Sequelas Psiquiátricas PÓS-COVID-19 Segundo publicações científicas recentes, o que se tem observado é que sequelas neuroló

A importância de uma consulta pós-covid-19

Imagem
 Sequelas podem permanecer por meses, mesmo após o tratamento da fase aguda da doença causada pelo coronavírus Sars-CoV-2. Após o vírus deixar o organismo, tais sequelas podem estar espalhadas por órgãos como pulmão, coração e cérebro, permanecendo por meses, mesmo naqueles pacientes que tiveram a forma mais leve da doença. Diante destas estatísticas, médicos de diferentes especialidades sugerem uma consulta após o término da infecção com a finalidade de checagem de eventuais sequelas. Esta consulta de verificação é ainda mais recomendada em casos onde o paciente deseja retomar a prática de atividades físicas. Dados apontam necessidade de uma avaliação pós-Covid-19 Vários estudos ao redor do mundo estão buscando avaliar qual é o cenário pós-Covid-19. Cientistas estimam que apenas entre 10 e 20% dos pacientes relatam uma recuperação completa nos primeiros meses após a cura, porém 50% relatam ainda sentir fadiga incomum. Veja também: Nunca foi tão urgente como agora. Saiba sobre Embolia