Previna doenças ginecológicas ao adotar essas 4 práticas simples

Levantamentos estatísticos apontam que a expectativa de vida da mulher é de 79 anos, enquanto que a maior parte dos homens é de 72 anos.

Não é à toa que esses dados apontam que as mulheres tendem a viver mais que os homens pelo fato de serem mais preocupadas com a saúde. 

Uma das causas que levam as mulheres a procurarem com maior frequência por ajuda médica, está no próprio organismo feminino, que exige toda uma preparação para a gestação e cuidados extras na prevenção de doenças ginecológicas.

A vagina proporciona um ambiente propício à proliferação de microorganismos que podem acabar causando uma série de doenças, portanto após a primeira menstruação, a recomendação geral é que a mulher procure realizar exames de rotina e preventivos pelo menos uma vez ao ano. 

Incorporar medidas simples durante o cotidiano também poderá auxiliar na prevenção de diversas doenças ginecológicas. Separamos 4 práticas simples de serem adotadas.


1 - Higiene

A higiene pessoal é algo fundamental, porém vale lembrar algumas medidas básicas e importantes que devem ser adotadas.

Substituir o absorvente a cada 6 horas para evitar o acúmulo de bactérias.

Evitar uso de duchas vaginais, pois estas podem alterar a flora vaginal e o PH, deixando a vagina mais vulnerável a infecções.

Existem exceções. Por exemplo em casos em que haja alguma infecção ou ocasiões em que o PH esteja alterado, porém a ducha deve ser utilizada somente sob orientação médica.


2 - Utilização de produtos

Antes de citar alguns exemplos e dicas, o ideal será que você procure orientação médica, a respeito de produtos que poderão ser utilizados.

Existem algumas mulheres que podem apresentar reações a certos tipos de produtos por apresentar intolerância aos componentes.

Fique atenta aos sabonetes íntimos, eles ajudam a controlar odores, porém se utilizados com muita frequência, podem diminuir os anticorpos naturais deixando a região desprotegida.

Para evitar que a microbiota vaginal fique desbalanceada, ocorrendo o surgimento de microorganismos responsáveis por doenças, é recomendado que a região íntima seja higienizada com água e sabão neutro.

Dermacyd, Intimus e Lucretin, são boas opções de sabonetes que mantém a microbiota vaginal normal, porém estes não devem ser utilizados em demasia.

A quantidade a ser aplicada deve ser mínima e não devem ser aplicados diretamente na região íntima, mas sim diluídos na água que será utilizada para higienizar a região.

Não utilize papel higiênico perfumado e lenços umedecidos. Estes produtos quando utilizados de forma excessiva, provocam secura e irritação na vagina, eliminando a lubrificação natural da região vaginal e interferindo no PH.


3- Sexo seguro

Utilize a camisinha. Embora existem diversos métodos contraceptivos para evitar a gravidez indesejada, porém o único método que evita o contágio de doenças sexualmente transmissíveis (DST) é a utilização da camisinha.


4 - Redobrar a atenção durante o verão.

As altas temperaturas e aumento da umidade na região da vagina, facilitam o surgimento e proliferação de bactérias. Portanto:

  • Evite roupas que atrapalhem a ventilação da região vaginal.
  • Evite roupas muito apertadas como calças jeans e calça leggings por longos períodos.
  • Procure dormir sem calcinha.
  • Apare os pêlos pubianos para facilitar na higienização e cuidado com depilações exageradas que podem deixar a região vaginal desprotegida.
  • Realize a higienização da região vaginal após a relação sexual.
  • Não compartilhar peças íntimas como toalhas e calcinhas.

Faça seus exames de rotina na Clínica Neurocor de Cornélio Procópio.

Nunca deixe de realizar seus exames de rotina. É preciso realizar visitas regulares a um médico especialista.

Toda mulher deve ficar atenta aos sinais que o corpo apresenta, cuide da sua saúde e tenha uma vida mais segura.

Na policlínica Neurocor de Cornélio Procópio, você conta com uma equipe de especialistas em diversas áreas da medicina, proporcionando amplo suporte para a manutenção da sua saúde. 

Conheça o quadro de especialistas da policlínica Neurocor.

Agendar sua consulta na Clínica Neurocor de Cornélio Procópio é muito simples e prático. Para isso, ofertamos múltiplos canais de atendimento aqui mesmo em nosso site, inclusive agendamentos via whatsapp. Entre em contato conosco. 


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Infecção Vaginal por fungos: O que toda mulher deveria saber.

8 grupos de risco para o Hipotireoidismo. O hipotireoidismo pode matar.

Entenda o que é a Cardiomegalia (Coração Grande), as causas, sintomas e os tratamentos.

Como reverter a perda muscular na velhice.

Conselho Regional de Medicina: Como consultar o CRM do médico.