Eletroencefalograma de forma simples: entenda a importância deste exame.

 A “máquina” mais complexa do corpo humano, o nosso cérebro é um órgão do sistema nervoso central muito importante para o funcionamento do corpo, estando relacionado com a inteligência, consciência, memória, linguagem, entre outros.

Este é um órgão que merece muita atenção. Até mais do que você imagina.

Exames de rotina devem ser realizados para avaliar, diagnosticar e/ou prevenir diversas doenças de forma precoce.



Exame Eletroencefalograma ou Exame EEG


O exame eletroencefalograma é um exame muito importante. De certa forma é obtido um mapeamento cerebral, sendo um exame muito utilizado pelo neurologista na avaliação da atividade elétrica espontânea do cérebro.

Conhecido também pela abreviação de EEG, este exame é realizado por um aparelho que amplifica os sinais elétricos no cérebro, realizando o registro dos mesmos, com a finalidade de detectar anomalias neurológicas.



Sobre o Exame EEG


Geralmente é um exame não invasivo.  

O eletroencefalograma (EEG) é um exame indolor, geralmente rápido e seguro. 

No exame de Eletroencefalograma (EEG) vários eletrodos são aplicados com uma pasta sobre o couro cabeludo do paciente.

A finalidade destes eletrodos é captar os sinais elétricos cerebrais.

Estes sinais, uma vez captados, serão amplificados pelo aparelho, possibilitando ao especialista através de uma interface, monitorar e realizar análises das atividades neurológicas.

Durante a realização do exame, o paciente poderá estar acordado ou em processo de sonolência, seja ela espontânea ou perante a indução de alguma medicação.



Duração do Exame Eletroencefalograma 


O exame EEG tem duração variável conforme o tipo de procedimento:

  • EEG rotineiro: 20 a 40 minutos; 
  • EEG em sono ou EEG em vigília: De 8 a 12 horas; 
  • EEG ambulatório: A duração pode depender da recomendação do médico. 

Vale observar que na maioria dos casos, o Eletroencefalograma (EEG) é um exame de curta duração.



Eletroencefalograma. Quando e como realizar. O que o exame EEG detecta.


O Eletroencefalograma deve ser realizado:

  • Em caso de alguma suspeita de alterações da atividade elétrica cerebral; 
  • Em casos de epilepsia ou suspeita clínica desta;
  • Quando o paciente está apresentando alterações de consciência;
  • Avaliação de pacientes com outras doenças neurológicas (infecciosas, degenerativas) e psiquiátricas.


O Exame de Eletroencefalograma ou exame EEG detecta:

  • Distúrbio do sono;
  • Distúrbios convulsivos;
  • Distúrbios metabólicos ou estruturais do cérebro.


Para realizar o exame o paciente deverá:

  • Estar bem alimentado;
  • O cabelo deverá estar limpo e seco para melhor fixação dos eletrodos;
  • O paciente deverá estar em privação parcial de sono na noite anterior para registro de sonolência e sono no exame. Para isso, o paciente deverá dormir no mínimo 4 horas e menos do que o habitual.



EEG Valor: Qual é o preço do exame de Eletroencefalograma?


Devido a extrema importância do nosso cérebro, os exames neurológicos devem fazer parte da sua rotina.

Na Clínica Neurocor de Cornélio Procópio você realiza o exame de Eletroencefalograma (EEG), através de equipamentos de última geração, com preço acessível.

O valor do exame EEG, assim como os demais realizados na Policlínica Neurocor, poderão ser consultados através do nosso canal de atendimento. 

Você poderá realizar seus exames ou consultas através de diversos meios de pagamento (dinheiro, cheque ou cartão). 

Na Policlínica Neurocor aceitamos parcelamento via cartão de crédito.

Entre em contato conosco. Tire suas dúvidas, agende o seu exame ou consulta.


Veja também:

Os 4 hormônios da felicidade: quais são e como são produzidos.






Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Infecção Vaginal por fungos: O que toda mulher deveria saber.

8 grupos de risco para o Hipotireoidismo. O hipotireoidismo pode matar.

Entenda o que é a Cardiomegalia (Coração Grande), as causas, sintomas e os tratamentos.

Como reverter a perda muscular na velhice.

Conselho Regional de Medicina: Como consultar o CRM do médico.