Zumbido no ouvido: Entenda e evite problemas graves.

Conhecido também por tinnitus, o zumbido no ouvido ocorre quando a pessoa passa a ouvir de forma constante um barulho ou som incômodo, semelhante a sons como barulho de cigarra, apitos, chiados, som de cachoeira ou estalos.

Zumbido no ouvido: Entenda e evite problemas graves.


Segundo a OMS (Organização Mundial de Saúde), 20% da população mundial possui algum grau de perda auditiva. No Brasil já são mais de 28 milhões de pessoas.


Zumbido no ouvido no silêncio

A intensidade desses sons pode ser leve, quando percebidos somente durante um ambiente silencioso ou ser mais intensos persistindo durante o dia todo.

A população idosa estatisticamente é a mais afetada, entretanto o zumbido pode afetar todas as faixas etárias.

O zumbido pode ser causado por alguma lesão no interior do ouvido, sendo esta uma das principais causas. 

Geralmente sua origem é provocada por uma situação onde o paciente foi submetido por longo tempo a música alta ou ambientes com ruídos muito elevados.

Outros tipos de lesões oriundas de traumatismos no crânio, infecções no ouvido, o próprio processo de envelhecimento e intoxicação por medicamentos também podem originar o problema.

O zumbido surge geralmente como consequência de um processo de perda auditiva e para compensar este déficit, as partes do ouvido ainda intactas passam a trabalhar em dobro, desta forma surgindo o barulho em forma de zumbido.

A intensidade e a frequência que ocorre o zumbido varia muito podendo ser passageiro ou acompanhar o paciente para o resto da vida.

Zumbido no ouvido, o que fazer


Zumbido no ouvido, o que fazer

É preciso ficar atento a alguns hábitos e fatores de risco como:

  • Excesso no consumo de cafeína, açúcar e sal;
  • Casos de hipertensão;
  • Diabéticos;
  • Pacientes com colesterol elevado;
  • Uso abusivo de fones de ouvidos;
  • Exposições a ambientes barulhentos;
  • Problemas de articulações da mandíbula;
  • Tabagismo;
  • Ingestão de bebidas alcoólicas de forma excessiva.


Em algumas situações é possível evitar o surgimento do problema, eliminando ou evitando alguns hábitos.

Evite usar fones de ouvido por mais de 2 horas consecutivas e não extrapole no volume.

Use protetores auriculares caso tenha que ficar em locais onde o barulho esteja acima dos 90 decibéis. Como comparativo temos:

  • Show Musical ao vivo - em média 110 decibéis;
  • Decolagem de um avião - em média 130 decibéis para quem observa o avião decolando de fora do avião;
  • Bares, danceterias e Restaurantes também podem apresentar níveis elevados de ruídos.
Fonoaudiólogo na clínica Neurocor de Cornélio Procópio

O excesso de cera no ouvido também pode originar o zumbido, além de ocasionar outros sintomas como dor ou coceira no ouvido, tontura e dificuldade para ouvir devido a obstrução provocada pelo acúmulo de cera.

Evite usar cotonete para remoção da cera. O uso de cotonete vai empurrar a cera para o interior do ouvido, agravando ainda mais o quadro.


Fonoaudiólogo na clínica Neurocor de Cornélio Procópio

O ideal em qualquer situação será agendar uma consulta com um profissional para identificação precisa da origem do problema e desta forma receber um tratamento mais assertivo. 

Adotar um estilo de vida saudável poderá auxiliar na prevenção do problema do zumbido (tinnitus).

Evite bebidas alcoólicas e o cigarro, dois hábitos que ocasionam este e diversos outros tipos de problemas para a sua saúde.

Procure se alimentar bem e praticar atividade física.

Especialidades da fonoaudiologia em Cornélio Procópio

Especialidades da fonoaudiologia em Cornélio Procópio

Na policlínica Neurocor de Cornélio Procópio, você encontra à sua disposição fonoaudiólogo, endocrinologista, nutrologista e diversas outras especialidades da medicina.

Não seja negligente com relação a sua saúde. Não hesite em agendar uma consulta.

Acesse nossa relação de médicos e agende sua consulta na Neurocor de Cornélio.



Você também poderá se interessar em saber mais através destes conteúdos:



Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Alimentos que inflamam e provocam dores nas articulações

Entenda o que é a Cardiomegalia (Coração Grande), as causas, sintomas e os tratamentos.

Conselho Regional de Medicina: Como consultar o CRM do médico.

Infecção Vaginal por fungos: O que toda mulher deveria saber.

25 exercícios para turbinar seu cérebro através da Ginástica Cerebral.