3 tipos de jejum intermitente aliados a perda de peso

 O que é jejum intermitente?

Consiste em passar longas horas (ou dias) sem comer. O jejum intermitente está entre as técnicas que estão em alta atualmente, no auxílio para a perda de peso.

Entender como funciona, seus riscos e os benefícios que o jejum intermitente pode trazer para o seu corpo e para a sua saúde é fundamental para você optar por seguir este método.

Adotado por várias celebridades, o jejum intermitente é uma técnica de privação na ingestão de alimentos por determinados intervalos de tempo, utilizado como aliado para a perda de peso e redução de medidas.

Mas será que essa técnica funciona mesmo? Será que o jejum intermitente faz bem para a nossa saúde.

Veja também: Saiba qual é o seu Índice de massa corporal ideal


Como funciona o jejum intermitente?

O nome por si só já sugere como será o funcionamento deste programa. Trata-se da suspensão da ingestão de alimentos durante um período pré estabelecido.

São vários programas de jejum intermitente, onde os intervalos de abstinência poderão variar de 12 a 36 horas, sendo os mais comuns, porém há casos onde a pessoa poderá ficar até mesmo 01 dia e meio em restrição alimentar.

Veja também: Remédios na composição de cardápios para emagrecer funciona?

Há diferentes estratégias que poderão ser adotadas. Em resumo, essa dieta consiste em alternar essas horas ou dias da semana em que a pessoa fica em jejum com períodos em que ela pode se alimentar.

Há 3 métodos mais comuns para se realizar o jejum intermitente. 

Método LeanGains

Neste método serão estabelecidos intervalos de 16 horas, com uma janela para alimentação de 8 horas para os homens e 14 horas com janela para alimentação de 10 horas para as mulheres.

Durante os períodos em jejum está permitida a ingestão de água, café sem açúcar e chá.

Dieta do Guerreiro (Warrior Diet)

Consiste em intervalos longos de 20 horas em jejum, com uma janela de apenas 4 horas para alimentação, onde neste intervalo será realizada uma refeição reforçada. 

Durante o intervalo de 20 horas, algumas frutas e vegetais crus poderão ser consumidos.

Comer, parar e comer

Neste caso o intervalo em jejum é maior ainda, sendo de 24 horas.

Este método geralmente é executado 1 ou 2 vezes durante a semana, sendo que durante o jejum, apenas a ingestão de líquidos sem açúcares serão permitidos.

O que comer depois do jejum intermitente

É óbvio que não será todo tipo de alimento que você poderá consumir nos períodos em que estiver se alimentando. Muitas pessoas que adotam tais práticas sem apoio médico, caem neste erro que coloca tudo a perder, inclusive prejudicando a saúde.

O objetivo desta publicação é apenas informar que existe a técnica e as mais comuns atualmente praticadas no que se refere a jejum intermitente.

Recomendamos que você nunca inicie qualquer programa visando emagrecimento, sem acompanhamento médico, principalmente nestes casos onde a restrição alimentar está inserida no programa.

A adoção do jejum intermitente sem aconselhamento médico, poderá trazer graves problemas para sua saúde, principalmente se você já estiver com alguma doença pré estabelecida como o diabetes por exemplo.

Veja também: Fique atento aos sintomas do diabetes

Converse com o seu médico. Não inicie uma dieta sem prescrição médica especializada.

Na Policlínica Neurocor você poderá agendar sua consulta com o nosso Endocrinologista.

Ele irá realizar uma avaliação completa e poderá indicar qual será a melhor estratégia para que você atinja seus objetivos de forma saudável e segura.

Veja também: 13 motivos para você ter que procurar um endocrinologista.


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Infecção Vaginal por fungos: O que toda mulher deveria saber.

8 grupos de risco para o Hipotireoidismo. O hipotireoidismo pode matar.

Entenda o que é a Cardiomegalia (Coração Grande), as causas, sintomas e os tratamentos.

Como reverter a perda muscular na velhice.

Conselho Regional de Medicina: Como consultar o CRM do médico.