Como reverter a perda muscular na velhice.

A perda muscular faz parte do processo de envelhecimento e se negligenciada se torna a principal causa da perda da qualidade de vida na terceira idade.


Quem não possui um parente ou conhece alguém próximo que está na terceira idade e possui qualidade de vida limitada.

É fato que um dos fatores mais comuns nesta população idosa e que está vivenciando uma qualidade de vida abaixo do esperado, é a ausência de atividade física e alimentação inadequada.


A perda de massa muscular na velhice

Ao processo da perda de massa muscular que ocorre com o avanço da idade, denominamos o termo sarcopenia. Uma palavra originada do grego que significa “perda de carne”, justamente em referência a redução da massa muscular (massa magra) no corpo.

O processo de perda de massa magra geralmente se inicia por volta dos 30 anos. A partir daí, geralmente com perdas entre 1% e 2% ao ano.


A perda muscular no idoso

A população idosa no Brasil está aumentando. 

Cerca de 15% da população brasileira começa a apresentar sintomas de sarcopenia após os 60 anos e este número aumenta após os 80 anos, atingindo metade da população nesta faixa etária, atingindo 46% desta população.

Sem prevenção, um idoso aos 80 anos terá apenas 50% da massa muscular que tinha na juventude.

Em 2025 teremos mais de 33 milhões de idosos aqui no Brasil.


As causas da Sarcopenia

Quanto às causas que desencadeiam a sarcopenia temos:

  • Alterações fisiológicas e hormonais pertinentes ao processo de envelhecimento;
  • Devido a doenças que ocorrem com maior frequência na velhice;
  • Sedentarismo;
  • Má alimentação.

Os itens relacionados são os principais, porém existem outros fatores, que uma consulta com o médico especialista poderá ser identificada.


Identificando os sinais de sarcopenia

A progressão da perda da massa muscular é algo que demora para ser percebido. Os primeiros sinais são:

  • Atividades cotidianas anteriormente consideradas fáceis como trocar uma lâmpada, carregar uma sacola do mercado ou subir escadas passa a ficar mais dificeis de executar;
  • Perda de equilíbrio ao andar em terrenos acidentados, como ruas com buracos, calçadas com pisos irregulares e ruas com desníveis;
  • Quedas constantes. Neste caso, geralmente ocorre geralmente quando a perda muscular está em estado avançado. 


É possível ganhar massa muscular na terceira idade

Sim. Existe a prevenção ou recuperação e ela inicia a partir da mudança do estilo de vida do paciente.

Não importa o quanto o paciente esteja fora de forma ou sua idade, ainda sim é possível restaurar boa parte da força perdida. 

Existem diversos estudos realizados com pacientes idosos sedentários, que apresentavam quadro avançado de sarcopenia, onde foram obtidos sucesso na recuperação da massa muscular e consequente melhora na qualidade de vida destes pacientes.


A reposição de massa muscular em idosos

O exercício físico combinado com uma alimentação equilibrada com orientação profissional são as formas mais assertivas para a prevenção e/ou tratamento visando minimizar os efeitos da sarcopenia, garantindo na velhice qualidade de vida.


Nutrologista Esportivo em Cornélio Procópio

O atendimento ao paciente idoso (ganho de peso / ganho de massa muscular) é uma das especialidades do Dr. Rômulo Paris Soares.

Inicie a grande virada na sua qualidade de vida agendando uma consulta com o médico Nutrologista para identificar e orientar a melhor estratégia a ser adotada para a sua rotina de atividades físicas e alimentação.

O nutrólogo é o especialista indicado para dar suporte necessário, seja para prevenir ou recuperar as perdas de massa magra. 

Agende uma consulta com o Dr. Rômulo Paris Soares.



Veja também:




Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Infecção Vaginal por fungos: O que toda mulher deveria saber.

8 grupos de risco para o Hipotireoidismo. O hipotireoidismo pode matar.

Entenda o que é a Cardiomegalia (Coração Grande), as causas, sintomas e os tratamentos.

Porque você precisa saber sobre a tireoide de Hashimoto