Estudos apontam a obesidade como fator de risco para o Alzheimer

 Uma série de problemas de saúde estão ligados ao excesso de peso, entre eles a diabetes e doenças cardíacas.


Como a obesidade influencia no mal de Alzheimer.

Pesquisadores apontam que a obesidade também é um grande fator de risco para o cérebro, contribuindo para o surgimento e desenvolvimento da doença de Alzheimer.


Uma das causas relaciona o aumento excessivo de peso com a redução do fluxo sanguíneo para o cérebro. 


Um estudo realizado com 17.721 adultos, entre 18 e 94 anos, passaram por análises com a finalidade de verificar o fluxo sanguíneo cerebral, através de tomografias computadorizadas. 


Os resultados apontaram que a redução do fluxo de sangue no cérebro ocasiona importantes implicações para os distúrbios de memória e aprendizagem. Uma delas é a doença de Alzheimer.



A redução do fluxo sanguíneo afeta várias regiões do cérebro, conhecidas por serem afetadas pela doença de Alzheimer, entre elas os lobos parietais e temporais, hipocampo, pré-cuneiforme e giro cingulado.


Outro estudo publicado na revista médica Molecular Psychiatry, ligado ao grupo Nature, também aponta que ser obeso ou ter sobrepeso, principalmente após os 50 anos pode contribuir para o mal de Alzheimer, acelerando ainda mais o processo.


Neste estudo uma equipe monitorou por 14 anos, um grupo de 1400 pessoas normais no plano cognitivo, submetendo este grupo a avaliações neuropsicológicas regulares.


No decorrer do estudo, observaram que 142 pessoas desenvolveram a doença de Alzheimer e estas pessoas possuíam um IMC (índice de massa corporal) mais elevado.



Caso queira entender um pouco mais sobre o IMC,  há uma publicação aqui no site.


Bons hábitos alimentares contribuem nos tratamentos para Alzheimer


Estar acima do peso ideal ocasiona uma série de complicações para o nosso corpo e com o nosso cérebro também não é diferente. 


Cérebros podem ser melhorados quando você os coloca em um ambiente de cura, através da adoção de hábitos saudáveis na alimentação e adotando práticas regulares de exercícios.


Veja também aqui no site: Dicas de nutrição adequada para o cérebro.


O Alzheimer é a forma mais comum de demência, os sintomas geralmente surgem após os 60 anos e os riscos são progressivos conforme a idade avança. 


A doença poderá ser agravada pela combinação obesidade, dieta inadequada e sedentarismo.


Segundo os centros de controle e prevenção de doenças dos Estados Unidos, quase 43% dos americanos com mais de 60 anos são obesos.


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Infecção Vaginal por fungos: O que toda mulher deveria saber.

8 grupos de risco para o Hipotireoidismo. O hipotireoidismo pode matar.

Entenda o que é a Cardiomegalia (Coração Grande), as causas, sintomas e os tratamentos.

Como reverter a perda muscular na velhice.

Conselho Regional de Medicina: Como consultar o CRM do médico.