Evite perda de neurônios ao eliminar estes 7 hábitos

Nossa saúde mental é diretamente impactada pelo estilo de vida que levamos. 

Alguns hábitos podem matar nossos neurônios e vamos relacionar 7 desses hábitos que são potencialmente prejudiciais para o cérebro.

CONSUMO EXCESSIVO DE AÇÚCAR INTERROMPE ATIVIDADES CEREBRAIS

O consumo de açúcar de forma excessiva provoca retardo na absorção de outros nutrientes, o que acaba prejudicando as funções cerebrais.  

Estudos apontam que o consumo em excesso desse carboidrato tem sido associado à morte neural, além de outros problemas de saúde.

O ideal é controlar para não exceder. O consumo com moderação não é prejudicial, porém seu excesso sim.

Veja também: Dicas de nutrição adequada para o cérebro

O ESTRESSE É UM DOS PRINCIPAIS CAUSADORES DA MORTE DOS NEURÔNIOS

Esse é um hábito muito comum na sociedade atual. 


O estresse é uma condição à qual somos submetidos, ocasionada por diversas situações do cotidiano que provoca no nosso corpo uma sensação de tensão física e emocional.

Ocorre quando nos deparamos com situações nas quais há excesso em nossos recursos pessoais, ou seja, aparece quando nos sentimos oprimidos.

Quando nosso corpo está em situação de estresse, principalmente se a duração for prolongada, a grande quantidade de cortisol (hormônio do estresse) é liberado pelo corpo, podendo matar nossos neurônios. 

Nosso corpo quando libera grande quantidade de cortisol e por tempo prolongado, faz com que nossos neurônios fiquem sem vigilância e o nosso sistema imunológico enfraquecido.

SE FALTAR ESTÍMULOS, NOSSOS NEURÔNIOS MORREM

A escassez de estímulos, seja ela cognitiva/sensorial e física ou ambas, é outro hábito que mata nossos neurônios. Portanto fuja da monotonia.

Assim como nossos músculos necessitam de exercícios para se fortalecerem, nosso cérebro também precisa se exercitar. 

Entre os exercícios mentais que estimulam nosso cérebro estão aprender novas habilidades (estudar), escrever, ler um livro, sair da zona de conforto e demais atividades que estimulam o nosso cérebro a funcionar.

CUIDADO COM A DESIDRATAÇÃO. ELA MATA SEUS NEURÔNIOS

Além de diversas complicações para o seu organismo, a desidratação, quando constante, também mata neurônios. 

Nosso organismo quando está desidratado, começa extrair água contidas nas células, aumentando as probabilidades de mortes celulares, inclusive da célula neurônio.

O TABAGISMO E O USO DE DROGAS MATAM NEURÔNIOS

Fumar é um hábito muito tóxico, temos uma publicação somente sobre essa prática, o tabagismo, aqui no site. 

Além de prejudicar a saúde sob vários aspectos, o tabagismo e o uso de drogas destroem seus neurônios de forma permanente.

POLUIÇÃO NOSSA DE CADA DIA

Ambientes poluídos não prejudica somente os seus pulmões, mas o seu cérebro, matando seus neurônios. 

Isso ocorre pelo fato do nosso cérebro ser um órgão que consome grande quantidade de recursos para poder funcionar.

Ao respirarmos em ambientes poluídos, absorvemos uma grande quantidade de partículas tóxicas.

Muitas delas acabam atingindo nosso cérebro, mesmo ele possuindo uma barreira hematoencefálica para nos proteger de algumas delas.

A poluição não é gerada somente dos carros e grandes fábricas.

A falta de conscientização das pessoas, através da prática de queimadas, seja de lixo ou mato, mesmo que no próprio quintal, provocam uma poluição grave, que inclusive poderá resultar em crime prevista em lei.

Promover queimadas é crime ambiental, pois além de prejudicar o meio ambiente, coloca a vida em risco e prejudica a saúde de todos que habitam as proximidades daquele local.

Caso você presencie alguém exercendo tal prática, acione a polícia ambiental através do 181. A denúncia poderá ser inclusive anônima.

DORMIR POUCO É UM HÁBITO QUE MATA NEURÔNIOS

“Deus ajuda quem cedo madruga” só terá eficácia se a pessoa for pra cama mais cedo.

Nosso corpo necessita de uma boa noite de sono, portanto é fundamental dormir o tempo necessário e com qualidade.  Temos uma publicação específica sobre o sono aqui no site.

Dormir pouco e/ou dormir mal é um dos hábitos que matam neurônios. 

Pesquisas apontam e estabelecem uma relação entre a privação do sono e a morte neuronal, bem como a redução de algumas partes do cérebro, como o hipocampo, por exemplo.

Dificuldades de concentração e problemas relacionados à memória são resultados de danos provocados a longo prazo. 

A morte dos neurônios é algo que ocorre em todos nós, porém evitar esses 7 hábitos irão aumentar muito as chances na prevenção de futuras doenças. 

Cuide do seu cérebro.



Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Infecção Vaginal por fungos: O que toda mulher deveria saber.

8 grupos de risco para o Hipotireoidismo. O hipotireoidismo pode matar.

Entenda o que é a Cardiomegalia (Coração Grande), as causas, sintomas e os tratamentos.

Como reverter a perda muscular na velhice.

Conselho Regional de Medicina: Como consultar o CRM do médico.